08 outubro 2013

Ser Cristão

Há pouco tempo atrás li o livro “Louco Amor – MARAVILHADO COM UM DEUS QUE NUNCA MUDA. Francis Chan com Danae Yankoski”. 
É um livro maravilhoso e indico a vocês. Eu estava precisando... De todos os temas que o livro abordou o que mais falou ao meu coração foi de como a Igreja de Cristo deve ser, de como nós cristãos devemos agir e de que estamos aqui na terra de passagem. Na verdade tudo isso já sabemos, já ouvimos, mas com certeza muitas vezes esquecemos e não fazemos.
Quando lia o livro ficava inquieta e cheia de vontades; inquieta porque via que muitas congregações não vivem como a palavra de Deus ordena, cheia de vontades porque queria sair por ai e “gastar” minha vida pra Deus, percebi que é a única coisa que me satisfaz e que é o motivo pelo qual estou aqui. Na passagem a seguir Jesus diz:

“Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber; sendo forasteiro, não me hospedastes; estando nu, não me vestistes; achando-me enfermo e preso, não fostes ver-me. E eles lhe perguntarão: Senhor, quando foi que te vimos com fome, com sede, forasteiro, nu, enfermo ou preso e não te assistimos? Então, lhes responderá: Em verdade vos digo, que sempre que deixares de fazer a um destes pequeninos, a mim o deixastes de fazer.” Mateus 25.42 ao 45.


O autor disse que muitos (inclusive eu) quando leem esta passagem a interpretam de forma a fazer caridade aos que necessitam, mas ele traz uma interpretação que para mim é a correta. Lembra do mandamento que diz: “Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento. Marcos 12:30. Ele nos leva ao seguinte desafio: e se todas as pessoas que estão ao nosso redor nós passássemos a vê-las como se elas fossem Jesus? Seria bem diferente não? Ôw como seria! Aí viria o segundo mandamento, amaríamos ao nosso próximo como a nós mesmos. Amaríamos de verdade! A igreja de Cristo é assim! Tem de ser assim, lembra da Igreja Primitiva? “Da multidão dos que creram era um o coração e alma. Ninguém considerava exclusivamente sua nem uma das coisas que possuía; tudo, porém, lhes era comum. Atos 4.32”.
Isso é lindo! Ser cristão é ser assim é dividir, é compartilhar é amar. A igreja de Cristo tem de ser fora das quatro paredes. Outra coisa que me chamou atenção foi da nossa vida aqui na terra, todos nós sabemos que estamos de passagem e que nossa cidadania é no céu, mas muitos de nós só sabemos de BOCA, como eu. E pouco tempo antes de terminar de ler o livro, em uma manhã quando me acordei abri a Bíblia e apareceu uma parte do capítulo 2 de Eclesiastes, comecei a ler e Deus só confirmava o que já estava em meu coração.  O pregador falava que havia gozado a vida, que teve de TUDO, que amontoou para ele prata e ouro e que tudo quanto os seus olhos viam e queriam ele não os negava, mas que no final ele viu que tudo aquilo era vaidade e que ele havia corrido atrás do VENTO, e que nenhum proveito havia debaixo do sol. Ele provou de tudo que essa vida terrena podia oferecer, mas ele viu que de nada valia. Quando vamos viajar, passar um curto período em alguma cidade, levamos tudo da nossa casa? Ou apenas levamos o necessário para passar os dias? Claro que levamos apenas o necessário, pois não vamos ficar lá pra sempre, sabemos onde é o nosso lugar e que em breve vamos voltar. Assim é com nossa vida aqui na terra. Às vezes nos preocupamos tanto com coisas terrenas, coisas que não terão valor e esquecemos com o que realmente devemos dar importância, que é com as coisas de Deus, somos a noiva de Cristo lembra? C.S. Lewis disse: “Tudo o que não é eterno, é eternamente inútil.”. A Bíblia diz: “Não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas. 2 Coríntios 4:18

Deus tem um plano para nós, não viemos por acaso e a nossa vida aqui na terra é tão rápida e o que estamos fazendo pra Deus? Será que estamos vivendo como a verdadeira Igreja de Cristo? Será que estamos usando nossa vida, ocupando a nossa mente e coração com as coisas que realmente valem a pena? Será que vamos usar os nossos breves dias pra algo que realmente tenha importância? Precisamos pedir a Deus equilíbrio, equilíbrio sobre as coisas terrenas e Celestiais. Pedir que nos dê sabedoria para a forma como devemos usar nossos dias. Pedir a Deus que nos ajude a ser como Ele quer pedir a Ele misericórdia, pois com certeza não é fácil, mas não impossível; pedir a Deus que nos ajude a SER CRISTÃO. E que apesar de toda a dificuldade nos guie para a sua vontade e que tudo o que Ele projetou para a nossa vida aconteça. Que possamos tocar a vida das pessoas através do amor e poder de Jesus. Examine as Escrituras e veja a forma que Deus deseja que a sua Igreja viva, ande, seja! Para finalizar deixo um testemunho que está no livro, foram vários mas esse mexeu comigo, vocês verão porque...

Nathan Barlow
Um médico que escolheu usar suas habilidades na Etiópia por mais de sessenta anos. Nathan dedicou a vida a ajudar pessoas com linfedema. O linfedema é um problema encontrado principalmente em áreas rurais com pessoas que trabalham em solos de origem vulcânica. Ele causa inchaço e úlceras nos pés e na parte de baixo das pernas. A deformidade, o inchaço, as ulcerações e as infecções secundárias que provoca levam à marginalização  social das pessoas acometidas da doença, a exemplo do ocorre com os leprosos.
Conheci Nathan pouco antes de ele morrer. A filha, Sharon Daly, frequenta minha Igreja, e o trouxe da Etiópia para a casa dela quando a saúde do médico começou a presentar problemas. Depois de apenas algumas semanas, ele não aguentava mais estar nos Estados Unidos. O povo que ele amava ainda estava na Etiópia, por isso a filha o colocou de volta em um avião para que Nathan pudesse passar os últimos dias de vida no lugar onde servia às pessoas.
Certa vez, Nathan sentiu uma dor de dente, e era tão intensa que ele teve de pegar um avião para longe do campo missionário para receber assistência médica. Nathan disse ao DENTISTA QUE NUNCA MAIS QUERIA TER DE DEIXAR O CAMPO MISSIONÁRIO DE NOVO POR CAUSA DE DORES DE DENTE, POR ISSO PEDIU QUE TODOS OS SEUS DENTES FOSSEM ARRANCADOS E SUBSTITUÍDOS POR DENTADURAS. ASSIM, A OBRA DE DEUS NA ETIÓPIA NÃO SERIA PREJUDICADA.
Aquele homem impressionante foi o primeiro a ajudar as pessoas marginalizadas pelo linfedema, e passou a vida fazendo isso. Mesmo assim, morreu de maneira discreta, sem fazer estardalhaço; ninguém realmente o conhecia. 

Que coisa linda! Impressionante, ele deu importância às coisas que realmente valiam a pena e não buscou glórias por conta disso, sabia que era apenas um instrumento nas mãos do Senhor e que estava fazendo o que um Cristão de verdade deve fazer. Que Deus nos ajude. 




2 comentários:

  1. Otima mensagem! realmente cada um deve fazer uma reflexão de sua própria vida, e saber com o que tem se preocupado, e procurar dedicar sua vida a Deus,é a melhor forma de viver!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Simone, Deus nos ajude pra isso. Beijos

      Excluir

Deixe seu comentário, crítica, opinião ou pergunta.
Quer falar comigo, mande-me um email:danyebeto7@gmail.com.
Comentários maldosos ou ilícitos serão excluídos.
Agradecemos sua visita!
Jesus te abençoe.